banner.png

Nosso compromisso é com o cidadão e queremos dar chances iguais para todos!

 

Vamos distribuir os cerca de R$ 20 milhões provenientes de emendas parlamentares do próximo ano de forma técnica, sem interferência política, e dando a todos os possíveis beneficiários a mesma oportunidade de participação.

 

Um dos nossos compromissos é investir o dinheiro do pagador de impostos onde ele é mais necessário e vai trazer mais resultados para população.

 

 

Entenda o edital de Emendas Parlamentares  

 

 

A utilização deste edital pretende quebrar a cultura do uso essencialmente político das emendas parlamentares, passando a utilizar critérios técnicos para destinação de recursos. Ele foi pensado como uma alternativa responsável, transparente e que dê chances iguais a todos, apresentando critérios claros e previamente definidos para a seleção dos projetos. Também farão parte deste processo decisório, a avaliação de especialistas das áreas e até mesmo visita in loco, quando necessário.

 

 

Serão aceitos projetos voltados para uma das cinco áreas temáticas:

 

  • Educação básica
  • Geração de emprego e renda / estímulo ao empreendedorismo
  • Saneamento básico
  • Saúde
  • Segurança pública

 

Inscrições encerradas (Prazo: 19/07/19 às 18h)

 

Como vai funcionar a seleção dos projetos?

 

 

O processo de seleção vai acontecer em duas etapas. Na primeira etapa, serão avaliados critérios básicos do projeto, como área de atuação, diagnóstico do problema, resultados esperados e valor. Já na segunda etapa, serão avaliados critérios mais específicos dos projetos aprovados na primeira fase, como indicadores, recursos e cronograma de execução.

 

 

Na avaliação, serão considerados, principalmente, os três critérios abaixo:

 

  • Resultado esperado concreto e perene: projetos que gerem melhorias diretamente percebidas pela população do município e/ou região no curto e médio prazo a ponto de justificar o investimento do recurso público nos mesmos.
  • Retorno sobre o investimento: projetos que maximizem os resultados a partir dos recursos disponíveis e da realidade do município e/ou região utilizando as melhores práticas do setor para embasar a solução escolhida.
  • Sustentabilidade financeira: projetos com capacidade de continuidade e manutenção dos resultados esperados após alocação dos recursos e conclusão do projeto, sem dependência exclusiva de emendas parlamentares futuras para a sua manutenção.

 

Após o processo de seleção, que vai contar com o apoio dos gabinetes dos deputados Guilherme da Cunha e Tiago Mitraud, bem como de especialistas em cada área, os recursos serão destinados aos projetos com melhor classificação.

 

 

Alguma dúvida? Acesse o F.A.Q.